4 (Quatro) Coisas Necessárias Para Fazer a Obra de Deus

4 (Quatro) Coisas Necessárias Para Fazer a Obra de Deus

“Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares. (Josué 1.6-9)

Introdução

A obra de Deus não pode ser feita por voluntários. Não pode ser feita de acordo de acordo com os projetos humanos independentes de Deus, Seu propósito e Sua vontade. Daí que, a tese deste estudo é que Deus tem um projeto, uma forma de executá-lo e para isto chama e comissiona homens para trabalhar em cooperação com Ele. No texto acima, seu projeto era conduzir o povo à terra prometida (vs. 6). Para isto chama Josué e lhe dá instruções especificas de como fazê-lo (vs. 7 à 9). Na leitura do texto acima podemos então destacar quatro coisas necessárias para fazer a obra de Deus, a saber:

1.     Consciência do chamado de Deus

Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.” (Josué 1.9)

“Não te mandei eu?” Fica claro a necessidade de ser enviado por Deus. Ninguém pode fazer a obra de Deus sem mandato. Doutra sorte, quem é enviado deve ter consciência disso. Outras aplicações deste versículo:

a)     Quem chama capacita: “Sê forte e corajoso...”

b)    A presença de Deus é garantida na execução do chamado: “Porque o Senhor é contigo por onde quer que andares” (Conferir com o nosso chamado em Mt 28.18-20; 1ª Pe 2.9; Rm 10.9-10).

 2.     Visão

“Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.” (Josué 1.7)  

Sem visão não teremos estratégia, coesão e comprometimento do povo com a causa que esposamos. A visão do rumo certo nos compromete com a oração, estimula a nossa fé e fornece bases definidas para a obediência. Nossa visão prática:

a)     Evangelho do reino de Deus;

b)    Discipulado (Ser e fazer discípulos);

c)     Vida em comunidade (Comunhão e relacionamentos) e,

d)    Igreja nas casas.

3.     Transmissão

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” (Josué 1.8)

Transmissão diz respeito à forma e comunicação da visão. Antes de tudo, porém, se faz necessário incorporar, encarnar a visão: “...antes, medita nele dia e noite...” Se a causa que esposamos não nos envolver completamente, não conseguiremos a adesão de outros. O que devemos transmitir em relação à visão:

a)     Conhecimento: Não nos referimos aqui a conhecimento intelectual somente, mas aquele que advêm da relação e intimidade com Deus e Sua palavra;

b)    Experiência: Se relaciona à prática do conhecimento;

c)     Conduta e comportamento: Se relaciona à transformação como resultado da obediência e do relacionamento e,

d)    Relacionamento: Se refere à forma como conhecimento, a experiência e a conduta são obtidas, isto e, através da comunhão intima com Deus e uns com outros.

4.     Comprometimento

“Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” (Josué 1.7-8)

Para teres o cuidado... (vs 7), ...para que tenhas o cuidado... (vs 8). Comprometimento diz respeito ao zelo que temos com nosso chamado, com a visão e a transmissão. O fracasso nesta área pode comprometer todo o projeto.

Características do comprometimento:

a)     Pontualidade;

b)    Assiduidade;

c)     Tempo qualificado e,

d)    Disponibilidade.

Conclusão:

É bem possível ser chamado por Deus e ter consciência disso. Entretanto, se a visão for negligenciada, a transmissão não for adequada e o comprometimento não for integro, não haverá sucesso no empreendimento, embora Deus tenha prometido (vs 7 e 8). A prosperidade “então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido...” (vs 8), depende de uma espiritualidade comprometida com o chamado, visão e transmissão do projeto de Deus.

 

Tópico: 4 (Quatro) Coisas Necessárias Para Fazer a Obra de Deus

Data: 05-07-2017

De: Caciana

Assunto: A obra de Deus

A obra de Deus não pode ser por voluntários?não entendi,se não é por voluntários então é por obrigação? Deus fala q devemis fazer a obra Dele com amor. ...

Data: 08-10-2017

De: Juvenil Alexandre

Assunto: Re:A obra de Deus

Irmã amada Casiana, volte a ler a primeira parte do estudo e Deus com certeza tira a dúvida de seu coração, posso adiantar uma afirmação de Deus, nada fazemos porque queremos e sim porque o Senhor permite! Fique com Deus...

Data: 22-04-2018

De: pr fernando

Assunto: Re:A obra de Deus

eu entendi bem quando o comentarista disse que nao.pode ser de voluntarios, ele tava falando que vcvtem.que ter mais que voluntariedade pra fazer, tembque ter compromotimento, se vc for simplismente volutario vc naontera () obrigação em.se edicar na obra pra que ela.cresça

Data: 08-05-2019

De: Thiago Andrade

Assunto: Re:A obra de Deus

Nessa parte eu discordo também, a obra é voluntária, faz quem quiser, embora seja dada uma ordem (portanto, ide por todo mundo.. Mt 28), Deus não obriga o homem a nada.

Data: 23-05-2019

De: Maria Silvestre,,,,

Assunto: Re:A obra de Deus

É verdade, a obra de Deus é feita voluntariamente

Data: 21-06-2017

De: Juliana

Assunto: Esclarecimentos

PR. Esta mensagem abaixo foi meu esposo quem me mandou, hj ele está afastado dos caminhos do senhor. E acha que trabalhar na casa do senhor, não é fazer a obra dele. O que o Senhor me diz a respeito pastor?

Quando você lava o banheiro da sua denominação, não está fazendo a obra de Deus.
Quando você vai ensaiar o louvor, ou ensaio de teatro, isso não é fazer a obra de Deus.
Quando você fica na porta da igreja recebendo as pessoas, isso não é fazer a obra de Deus.
Quando você dá dinheiro para reformar o templo da igreja, compra de bancos, instalação de ar-condicionado, isso não é fazer a obra de Deus.
Quando você vai limpar a igreja, isso não é fazer a obra de Deus.
Nós não fazemos a obra de Deus é Deus que faz a sua obra em nós através do seu poder em mudar-nos para sua glória.
Tudo isso que você faz na sua igreja, está fazendo para o homem e pra você mesmo. Quando achamos que fazemos a obra, a Bíblia diz que é comparado como trapo de imundícia.
Não que isso tudo que citei seja errado em fazer, continue fazendo, mas isso não o tornará melhor que ninguém.
Quer fazer a obra de Deus?
Pergunte a Ele o que você precisa mudar na sua vida para que você possa agradá-lo.

-

Data: 08-06-2017

De: Madalena Teixeira vieira

Assunto: Chamado por Deus.

Sou esposa de presbítero da igreja Assembleia de Deus . Gostaria fazer uma pergunta , pq tenho q fazer a obra de Deus se não quero fazer ?mesmo não querendo ja trabalhei muito , mas acho q não tenho chamado e fico pensando se temos o livre arbítrio , não sou obrigada a fazer , fico com fusa com este versículo q diz q temos o livre arbítrio, mas se faço a obra de Deus pago o preço, se não faço pago tmbm por fazer , me responda pq não consigo entender este versículo. da impressão q Deus obriga agente trabalhar mesmo sem querer .

Data: 19-06-2017

De: Pr José de Almeida

Assunto: Re:Chamado por Deus.

Minha filha, você não é obrigada a nada, se você faz a obra por obrigação, com certeza você não tem o chamado. O chamado é do teu esposo, e que que fazemos pra Deus tem que ser por amor, do contrário o Senhor nem se agrada. Converse com seu esposo.

Data: 15-12-2016

De: claudinei batista dos santos

Assunto: desobediência

sou apenas cooperador ,mas vejo algum que não agrada a DEUS jovens com roupas curta , o que devo fazer se o pastor não chama a atenção..devo ficar no meu lugar,,,

Data: 28-03-2017

De: Otavio Porfirio

Assunto: Re:desobediência

Neste caso, tu deves orar e dialogar com os tais, mostrando a eles como a obra de Deus deve ser feita VERDADEIRAMENTE... Caso contrário, só ore e deixe Deus agir

<< 1 | 2 | 3 >>

Novo comentário